fbpx

Sintomas do câncer de mama

O câncer de mama não apresenta sintomas em sua fase inicial. Conforme o estágio em que se encontra e o aumento de tamanho, o nódulo já começa a ser palpável. Outros sintomas também são notados como manchas e alterações na pele da mama.

Ao contrário do que muitas mulheres pensam, dor mamária é muito comum. Mas raramente essas dores estão associadas ao câncer de mama, geralmente estão ligadas as alterações hormonais e emocionais.

Como sintomas principais podem surgir o aparecimento de um nódulo duro na mama ou próximo da axila. Saída de líquido no mamilo quando pressionado, tamanho ou formato diferente da mama ou uma ferida que não cicatriza.

A doença não pode ser prevenida, porém pode ser diagnosticada precocemente. Logo, o autoexame da mama pode também ser chamado de auto-cuidado, devendo ser feito pelo menos uma vez ao mês.

Conheça alguns fatores de risco

O câncer de mama não possui uma única causa, diversos são os fatores para o desenvolvimento da doença.

Os fatores genéticos e hereditários: Mulheres com familiares consanguíneos, um ou mais parentes com casos de câncer de mama. Essas estão propensas à presença de mutação em determinados genes transmitidos na família.

Porém, o câncer de mama hereditário apresenta apenas 5 a 10% dos casos diagnosticados.

A mutação dos genes BRCA1 e BRCA2 são as causas mais comuns. Esses genes previnem o câncer, em células normais, mas versões com mutação não conseguem impedir o crescimento anormal das células.

Os fatores endócrinos e história reprodutiva: Os endócrinos são causados por estímulos, produzidos pelo hormônio estrogênio. O estrogênio pode ser produzido pelo próprio organismo ou por consumo de substância que possuam esse hormônio.

Esses fatores também incluem a menstruação precoce, menopausa tardia, as mulheres que têm o primeiro filho após os trinta ou as que não têm filhos.

Os fatores comportamentais e ambientais: Alguns fatores de risco devem ser evitados, como o álcool, o tabagismo, obesidade, principalmente após a menopausa.

Uma vida sedentária pode aumentar o risco de câncer de mama. Algumas formas de radiação, como exposição frequente a Raios-X.

Vale lembrar que mesmo que a pessoa apresente um ou mais fatores de risco, não quer dizer que ela necessariamente terá a doença.

Fale no Whatsapp