fbpx

Câncer de mama: passo a passo para o autoexame

Para fechar o mês de conscientização contra o câncer de mama da Solution, hoje trouxemos para você o passo a passo para uma correta realização do autoexame.

O autoexame das mamas não é considerado um exame preventivo, quando falamos de prevenção, deve-se incentivar hábitos saudáveis. Porém, o exame pode ser feito uma vez por mês, entre o terceiro e quinto dia depois da menstruação.

Além disso, o autoexame facilita a percepção de qualquer alteração, pois ele ajuda a conhecer melhor o corpo. O exame deverá se tornar rotina após os 20 anos de idade.

E, a partir dos 40 anos as mulheres devem realizar a mamografia anualmente. Após a menopausa, deve-se escolher uma data fixa no mês para a realização do autoexame e continuar com a mamografia.

Vale lembrar que os homens podem realizar o autoexame. Mesmo que o índice de casos seja menor, eles também sofrem com a doença, apresentando sintomas semelhantes.

O autoexame das mamas é apenas a primeira precaução contra o câncer de mama e para realiza-lo será preciso seguir três passos principais. Esses incluem a observação em frente ao espelho, apalpar a mama de pé e repeti-la deitada.

Observação em frente ao espelho

Retire toda a roupa, posicione-se em frente ao espelho e siga o seguinte esquema.

Primeiro, observe as mamas com os braços caídos;

Depois, observe com os braços levantados e as mãos atrás da cabeça;

Por fim, coloque as mãos apoiada na cintura fazendo força e observe.

Durante as observações é importante avaliar a forma, a cor das mamas e o tamanho. Pressione levemente o mamilo, observe a saída de secreção. Note se existe saliências, inchaço, abaixamentos ou rugosidades.

Caso note alguma alteração que não existia no exame anterior, ou alguma diferença entre as mamas e recomendado que procure um ginecologista ou um mastologista.

Como fazer a palpação de pé

A palpação de pé pode ser feita durante o banho, com o corpo molhado e as mãos ensaboadas, para facilitar o autoexame.

Primeiro levante o braço esquerdo colocando as mãos atrás da cabeça;

Use a ponta dos dedos e apalpe cuidadosamente a mama esquerda com a mão direta usando os movimentos circulares de baixo para cima;

Repita todos os passos para a mama do lado direito.

A palpação deverá ser feita com os dedos da mão juntos e esticados. Examine toda a área dos seios, divida em faixas e analise devagar cada uma dessas faixas, examine até a área do pescoço e também axila. Pressione levemente e veja se há saída de secreção.

Como fazer a palpação deitada

Quando feito na posição deitada, o autoexame está completo, então se deve:

Deite, coloque o braço esquerdo na nuca. Uma almofada ou toalha dobrada deverá ser colocada embaixo do ombro esquerdo, como apoio.

Com a mão direita sinta a mama com movimentos para cima e para baixo, desça até os mamilos fazendo pequenos movimentos circulares.

A pressão sobre a mama deve ser suave. Esses passos devem ser repetidos na mama direita para terminar a avaliação. Apalpe ainda a axila, procurando a existência de nódulos.

A premissa básica é o acompanhamento regular aos especialistas. Consultas periódicas ao ginecologista para a identificação de possíveis alterações e ao mastologista para os exames específicos.

 

Fale no Whatsapp